Textos



ELEONORA E EDÉSIO COMEMORAM
UMA HISTÓRIA DE AMOR, PAZ E ENCANTO

                                      (25/07/2015) 
                       
     Uma homenagem ao ilustre casal pela comemoração dos 50 anos de vida matrimonial.

 Jaguaribe é a terra onde nasceu
Seu Edésio, de pele fina e loira,
que um dia encontrando Eleonora
o destino juntá-los resolveu,
na Igreja, um ao outro prometeu
muito amor, muita paz, muito acalanto,
Jesus Cristo enfronhou com o seu manto
e hoje a arte do amor os dois exploram
- Eleonora e Edésio comemoram
uma história de amor, paz e encanto.
                                 
Um casal por demais bem sucedido
uma história narrada em perfeição,
duas vidas no pódio da união,
um exemplo de lar constituído,
meio século de vida  bem vivido,
um pináculo de paz e de encanto,
hoje a sua alegria é de um tanto
que os bons anjos pelejam e não decoram
- Eleonora e Edésio comemoram
uma história de amor, paz e encanto.
 
Com certeza eles dois realizaram
uma longa viagem de momentos
de alegria, de amor, de sofrimentos,
mas com as graças de Deus atravessaram,
decidiram, aprenderam e ensinaram,
com diálogo, perdão e sem espanto,
quem fizer desta forma eu lhe garanto
que supera a tristeza dos que choram
- Eleonora e Edésio comemoram
uma história de amor, paz e encanto.
 
Uma árvore irrigada em disciplina
que de Deus recebeu bons atributos
que cresceu, gerou sombra e que seus frutos
são seus filhos de índole heroína,
uma prole que tem a paz divina
e que atua sem mágoa e sem quebranto,     
dois casais educados, são portanto,
quatro estrelas nos céus aonde moram
- Eleonora e Edésio comemoram
uma história de amor, paz e encanto.
 
É preciso amar bem e perdoar,
já dizia um poeta do passado:
casamento é um fardo tão pesado
que precisa de dois pra carregar,
se um deles na luta fracassar
vê-se a vida cair no desencanto,
com o fim de evitar derrota e pranto
eles dois dão exemplo e se acaloram
- Eleonora e Edésio comemoram
uma história de amor, paz e encanto.
 
Um exemplo de arte, entre os casais,
que de Deus recebeu o dom da glória,
destacando um capítulo na história,
resistindo às malícias sociais;
hoje, um santo, no céu, diz aos demais
que da paz do casal não sabe o quanto,
pois são bodas de ouro por enquanto
dando exemplo aos que sonham e que imploram
- Eleonora e Edésio comemoram
uma história de amor, paz e encanto.
 
Neste evento que o povo reconhece
ser de grande quilate pra nação,
a Diocese por si faz oração e
Padre Cícero no céu reza uma prece,
a história do Crato se envaidece
e a orquestra de Deus lhe oferta um canto
cuja letra advém do Espírito Santo
e só os anjos revisam e monitoram
- Eleonora e Edésio comemoram
uma história de amor, paz e encanto.
 
A grandeza da festa é por demais
estudada por sábios da igreja,
a família católica lhes deseja
um rosário de amor, sucesso e paz,
um troféu de esperança um anjo traz
e inda bota um flor em cada canto,  
as crianças num gesto sacrossanto
multiplicam inocência e se arvoram
- Eleonora e Edésio comemoram
uma história de amor, paz e encanto.
 
Ao casal que venceu sem vaidade,
que o melhor de uma vida se confirme,
pense em Deus, faça o bem e ande firme
no caminho da paz e da bondade,
não esqueça que o dom da humildade
é na fibra de um povo o seu decanto,
lealdade é na vida um amianto
sobre o qual às mazelas não vigoram
- Eleonora e Edésio comemoram
uma história de amor, paz e encanto.
 
Certamente, pensou extraordinário
nos ensinos do campo sacerdócio,
descobriu que até fez um bom negócio
ter deixado o rigor do seminário,
amarrou casamento no rosário
protegendo-o do ódio e do quebranto,
em dizer nessa trova eu me adianto:
ele e ela se prezam e se adoram
- Eleonora e Edésio comemoram
uma história de amor, paz e encanto.
 
Meu prezado Edésio, eu sou feliz,
por dispor do vigor dessa amizade,
e por saber que o calor da humildade
se destaca no rol de seus perfis;
quando escreve um cordel sabe o que diz
e até lembra Bilac em seu recanto,
da Gramática decifra o entretanto
superando os que muito se aprimoram
Eleonora e Edésio comemoram
uma história de amor, paz e encanto.
Pedro Ernesto Filho
Enviado por Pedro Ernesto Filho em 28/09/2015
Alterado em 28/09/2015

Música: CASA DE CAMPO - Os Nonatos



Comentários